IEL - Instituto Euvaldo Lodi

IEL / Quem foi Euvaldo Lodi

Primeiro presidente da Confederação Nacional da Indústria, Euvaldo Lodi, filho de imigrantes italianos, nasceu em 9 de março de 1896, em Ouro Preto, MG, onde se formou como Engenheiro Civil e de Minas, na Escola de Minas e Metalurgia. Também presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro - FIRJAN por muitos anos, ficou na CNI até 1956, ano em que morreu.


Trabalhou na construção de estradas, na exploração de minas de ferro e de carvão. Instalou altos fornos em Minas Gerais, fundou a Usina Gortix e a Companhia de Ferro Brasileira, da qual foi presidente por longo período. Dirigiu, também a Companhia Industrial de Ferro, de Belo Horizonte. Em 1933 foi eleito representante da Assembléia Constituinte e deputado classista pela indústria, na Câmara Federal, em 1935. Proclamado o Estado Novo e dissolvido o Congresso, Lodi perde seu mandato parlamentar e assume a segunda vice-presidência da Confederação Industrial do Brasil, durante a gestão de Roberto Simonsen. Assim, em agosto de1938, Euvaldo Lodi e Roberto Simonsen transformam a Confederação Industrial do Brasil em Confederação Nacional da Indústria.


Em 1941, Getúlio Vargas, através do Ministro da Educação e Saúde, Gustavo Capanema, convocou Euvaldo Lodi - Presidente da Confederação da Indústria e Roberto Simonsen - Presidente da Federação das Indústrias de São Paulo para estudarem junto com Valentim Bouças, a estruturação de um novo sistema nacional de ensino profissional capaz de solucionar as deficiências de mão-de-obra qualificada no Brasil. O documento final apresentado incluía a criação do SENAI, mostrando o que poderia vir a ser a cooperação das indústrias com o governo na formação de aprendizes e no aperfeiçoamento do operariado fabril.

IEL - INSTITUTO EUVALDO LODI
Núcleo Regional de Rondônia
Rua Rui Barbosa, nº 1.112 - Edifício Armando Monteiro Neto - FIERO - CASA DA INDÚSTRIA - Porto Velho - RO
CEP 76.801-186
(69) 3216-3402
Sitevip Internet